segunda-feira, 30 de junho de 2014

Inferno Particular

segunda-feira, 30 de junho de 2014


Segue a vida em transição
sem saber se é bom ou não, 
o que certa vez foi tirado, hoje, ainda 
é incompreensível o nada colocado.

Muitas vezes na nevoa difusa da ilusão,
o sentido tomado é a contramão,
intocada é a realidade absurda,
em ambientes de meias verdades turvas.

Mentiras que tornam o mundo pequeno,
sedutoras e envolventes, poderoso veneno,
arruínam, nunca apenas a si mesmo, dissecando
duas almas por dentro, o que existe de pleno.

Dois corpos já não habitam
o mesmo tempo e espaço... 
que antes, contrariavam a lei da física,
agora, nenhuma ciência exata ousa explicar:
O "maravilhoso" inferno particular

Artur César
30/06/2014
23:45

1 comentários:

Carmem Grinheiro disse...

Boa tarde, Artur.
A ilusão tolda-nos a visão, por vezes chega mesmo a cegar-nos completamente. E iludidos, donos duma confiança induzida por essa ilusão, seguimos confiantes, pelo desconhecido, tomando por certo, o caminho errado.
Tantas vezes, tantas e tão repetidas vezes deixados levar.
E quando na constatação, o espanto, sempre o espanto.
Somos maus alunos. Custamos a aprender a lição.
Esse é o nosso inferno.

Abço amigo

Postar um comentário

 
Essa Parte de Mim... © 2008. Design by Pocket